FALE CONOSCO: (67) 3409 1234

Copasul - Cooperativa Agrícola Sul MatoGrossense
Download NFe/XML Webmail

plantio

Chuva deve ocorrer com mais frequência na próxima semana e ajudar o plantio

17, Out de 2020
Voltar

A previsão do tempo para a próxima semana traz boas notícias aos produtores rurais que ainda aguardam para iniciar o plantio ou que estão já com as sementes depositadas nas lavouras. Segundo a Climaterra, parceira da Copasul nas previsões climáticas, a chuva deve ocorrer de forma irregular, mas indicando a volta gradativa das precipitações para a região da Copasul.

 

Conforme a previsão, a indicação de chuva é para tarde e noite nos dias da semana, diminuindo na quinta e sexta-feira, mas com acumulado para o período entre 5 a 15 milímetros.

 

“No geral, é chuva de pouco volume. Mas pontualmente pode haver pancadas de chuva significativas. Quer dizer que pode chover muito em uma área e no vizinho não cair uma gota”, resume o meteorologista Ronaldo Coutinho.

 

Na semana que passou, a maior parte da área assistida pela cooperativa teve iniciado o plantio depois das chuvas ocorridas, exceto na região de Naviraí, onde choveu, mas de maneira mais amena. Segundo o gerente do departamento Agronômico, Anderson Luis Guido, o plantio segue em algumas regiões. “Nova Andradina, Deodápolis, Anaurilândia, Maracaju e algumas regiões de Naviraí tiveram chuvas suficientes para o plantio ocorrer”, disse.

 

Segundo relatório de área total de plantio no decêndio de 1 a 10 de outubro, na área total assistida pela Copasul, que compreende mais de 499 mil hectares, a porcentagem foi de 1,21%. Com as chuvas, este número deve ser melhor no próximo relatório.

 

Conforme dados da consultoria FC Stone, até o fim desta semana, o plantio na área total de Mato Grosso do Sul, que compreende em 3,2 mi de hectares, estaria com 3%.

 

Para o mercado, não só a falta de chuva como também o fenômeno climático La Niña, devem causar impacto, já que as intempéries ocorrem em localidades onde estão 1/3 da produção de soja do mundo.