FALE CONOSCO: (67) 3409 1234

Copasul - Cooperativa Agrícola Sul MatoGrossense
Download NFe/XML Webmail

palestra_cipa4

Palestra sobre depressão alerta colaboradores para sinais ‘imperceptíveis’

14, Set de 2019
Voltar

A palestra foi ministrada pela psicóloga Jaqueline Lorenzoni Bozzetti. Com uma didática simples e objetiva, trouxe aos ouvintes dados e informações de extrema importância na identificação e tratamento da depressão

 

A Unidade Silos Aeroporto recebeu no dia 14 setembro de 2019, a palestra com o tema “Depressão: a dor invisível”. A promoção do evento foi da CIPA - Comissão Interna de Prevenção de Acidentes da Unidade, em parceria com o setor de Segurança do Trabalho da Copasul.

 

A palestra foi ministrada pela psicóloga Jaqueline Lorenzoni Bozzetti. Com uma didática simples e objetiva, trouxe aos ouvintes dados e informações de extrema importância na identificação e tratamento da depressão, como número de casos pelo mundo, sintomas, medicação entre outras.

 

A palestra teve a presença dos colaboradores da unidade (Administrativo e Operacional) com duração de uma hora. “Foi uma palestra muito importante para todos. Acredito que em uma época em que todos estão tão conectados, muitas vezes deixamos de dar atenção para os sintomas da depressão. A palestra serviu para abrir um pouco mais os nossos olhos para as pessoas com depressão”, disse o auxiliar administrativo, Lucas Agostini.

 

O supervisor administrativo, Leandro Passarini, participou do evento e destacou a forma como as informações foram passadas. “Foi muito interessante a maneira como ela repassou as informações de forma que pudemos entender como identificar muitas situações relativas a esta doença”, disse.

 

A decisão da CIPA em promover a palestra se deu em razão do mês de prevenção ao suicídio, o “Setembro Amarelo”. A palestra acontece no contexto desta campanha de conscientização sobre a prevenção ao suicídio. No Brasil, foi criado em 2015 pelo Centro de Valorização da Vida, Conselho Federal de Medicina e Associação Brasileira de Psiquiatria, com a proposta de associar à cor ao mês que marca o Dia Mundial de Prevenção do Suicídio, 10 de setembro.

 

A ideia é pintar, iluminar e estampar o amarelo nas mais diversas resoluções, garantindo mais visibilidade à causa.

 

“Pensamos que isso pode contribuir com os nossos colaboradores em perceber os sintomas nos filhos, parentes, e pessoas mais próximas, e até colegas de trabalho. Ninguém está isento de passar por isso e precisamos falar sobre o assunto”, finalizou Luis Henrique Ribeiro Benites, presidente da CIPA na Unidade.